10 dicas para ser feliz. Treinando e se alimentando da felicidade

141242909-exercício-felicidadeSe nos maus momentos você colocar os sapatos para correr e comer um par de onças de chocolate (preto) para subir a moral, já descobriu o caminho da felicidade.

A felicidade tem muitas faces, e há muitos atalhos para ter dias felizes. O que fazemos, o que comemos, o que não fazemos e o que não comemos nos ajudam a estar de bom humor e a ver o lado bom da vida. No Dia Internacional da Felicidade, em www.sportlife.es temos o nosso segredo para colocar um sorriso para a vida de cada dia: MEMA: Mais Exercício e Melhor Alimentação. Deixo-vos mais detalhes para que todos os dias sejam dia da felicidade, com um ano não nos vale.

Os 10 atalhos para ser feliz71588202-casal-feliz-comendo

Certeza que você conhece alguém que nunca foi pressionado e está sempre feliz, acha que nasceu assim? Provavelmente não, se você observar o seu ‘dia a dia’, com certeza você descobrir que em sua vida há pequenas rotinas e hábitos que mantêm o seu bom humor e protegem contra as pequenas e grandes desilusões da vida. Este é o top 10 dos hábitos que compartilham as pessoas felizes.

1. Comece o seu dia com um pequeno-almoço completo. As pessoas que almoçam frutas, cereais inteiros, e até legumes e pratos de proteínas, como ovos têm menos chances de depressão, segundo um estudo australiano.
2. Toma chá verde em vez de café. Sim, até 4 xícaras por dia, pelo menos é o que se tem visto em um estudo científico, as pessoas que consomem 4 ou mais chávenas de chá verde por dia são 44% menos propensas a definhar que as que não bebem habitualmente. E é que o aminoácido teanina parece estimular a liberação de serotonina, um neurotransmissor relacionado com as boas sensações.
3. Faça o exercício a cada dia. Já sabe, quando se faz exercício você se sente melhor, porque quando você suar e se move, se liberam endorfinas em seu cérebro que fazem você sentir-se feliz, especialmente com o exercício aeróbio, sendo a corrida que leva o prêmio como um tratamento antidepressivo natural. Se você tiver tempo sem fazer exercício, basta andar 25 minutos para sentir a injeção de endorfinas, pouco a pouco você vai entrar
4. E não se esqueça do exercício anaeróbico. Até há pouco tempo só se falava do exercício aeróbio como o melhor antidepressivo, com as famosas endorfinas do corredor, mas também o exercício intenso para manter e melhorar a massa muscular ajuda a melhorar o humor. Uma única sessão de 20 minutos de levantamento de peso aumenta o bom humor durante as 12 horas seguintes, segundo um estudo americano, que adere ao ginásio para fazer seu tablita de pesos ou torne-se com umas borrachas e cerca de musculação em casa para aumentar a massa muscular ao mesmo tempo que um sorriso.97429670-exercício-felicidade
5. Tome cuidado com o nível de ferro. O ferro é um mineral necessário para o transporte de oxigênio no sangue. Os estados preanémicos estão associados à depressão, irritabilidade, falta de energia, que pioram se ocorre a anemia ferropénica, especialmente em atletas do sexo feminino em idade fértil. Um estudo realizado com mulheres soldado que tomaram suplementos com 18 mg de ferro, verificou-se que estas tinham melhores resultados em provas psicológicas para detectar a depressão.
6. Evita a comida lixo. Se cada vez que você se sente mal, você gosta de comer hambúrgueres, sorvetes, pipoca, chocolates, biscoitos, etc., deve ter verificado que depois não melhora seu estado de ânimo, até mesmo piorar o sentimento de culpa, má digestão, os quilos, etc. Teste a tomar lanches saudáveis quando o ânimo baixo, e em vez de jogá-lo no sofá, coloque os tênis e sair para passear, ou fica com os amigos para fazer algo, você vai ver como a ‘depre’ desaparece sem perceber.
453405619-fibra-fruta7. Não siga dietas baixas em hidratos de carbono. As dietas proteicas estão de moda, mas há muitos anos se sabe que os hidratos de carbono ajudam a absorver os níveis do aminoácido triptofano, imprescindível para produzir serotonina, o neurotransmissor da felicidade. As pessoas com tendência à depressão costumam ter problemas ao seguir dietas ‘low-carb”, e é preferível que sigam dietas com carboidratos de baixo índice glicêmico (IG) para manter constantes os níveis de glicose e perder peso com o exercício.
8. Inscreva-se em um desafio. Você já viu a cara de felicidade com a que chegam os corredores populares a linha de chegada de uma maratona? Incrível depois de fazer 42,195 km, pois não vai fazer falta correr tanto, mas ter um objetivo na vida irá ajudá-lo a levantar-se a cada manhã com energia e bom humor. Estabeleça um desafio à sua medida: sua primeira corrida, uma maratona, uma marcha cicloturista, uma travessia de natação, etc., treinar lhe dará a faísca que você precisa para desfrutar de cada dia e depois de conseguir seu objetivo você vai se sentir a pessoa mais feliz do mundo.
9. Dorme bem. A depressão está associada à insônia ou o contrário? Dormir pouco e/ou mal altera o ânimo, mais se for impossível pegar no sono e passar a noite dando voltas para a cama e para os seus problemas. Pede ajuda especializada, melhor se pode prescindir de medicamentos para dormir e começa sua rotina para voltar a pegar um hábito de sono saudável e recuperar durante as horas nocturnas.
10. Levanta-te sempre à mesma hora. Da mesma forma que você tenha passado a noite em branco, se desligar o despertador e dormir durante o dia você perder o ritmo circadiano e cada vez custa mais dormir de noite. Muito pior se você decidir aproveitar a noite para trabalhar, escrever, ler, ver televisão, etc., Com a desculpa de que quando não se dorme tem mais criatividade. Muitos gênios da música, pintura, ciência, etc., eram “sem sono criativos’, e curiosamente, a maioria também eram ‘gênios depressivos’. Os humanos são mamíferos diurnos, precisamos acordar com a luz do sol e dormirnos ao cair da noite, para desenvolver ao máximo as nossas faculdades físicas e mentais, esqueça os gênios loucos.

Cuide daquilo que se come e o que não comer

Há alguns anos parecia impensável recomendar uma mudança de dieta para uma pessoa deprimida, a pobre já tinha o suficiente para lidar com o dia-a-dia para cima mudar a alimentação, mas há pouco estão fazendo estudos que demonstram que as pessoas mais positivas têm dietas mais saudáveis, ricas em frutas, verduras, legumes e peixes, em comparação com as pessoas deprimidas que seguem dietas pouco saudáveis, ricos em gorduras saturadas e comida processada. E se falamos de chocolate… pode escrever um livro sobre a sensação de felicidade que proporcionam um onças de chocolate por dia, e com dados científicos comprovados.

O que q464066927-computador-felizue está cada vez mais claro é que os alimentos influenciam o nosso estado de espírito, não apenas o que comemos, mas também o que não comemos, e é que, quem não tem experimentado um humor de cão pelo simples fato de pular o café da manhã ou dar um pouco saudáveis de fast food.

Se você treinar, as endorfinas funcionam, mas não se você não alimentar o motor adequadamente. Não há pior sensação que a de chegar a casa e que não tenha nada para tomar o pequeno-almoço depois de treinar em jejum, para não dizer do mau tempo que passa e faz passar para o lado quando você tem uma ‘vagabunda’ em bicicleta por não ter comido a tempo.

joão mota-corridadeixo a última paródia de José Mota sobre os corredores, nos prega a todos em seu sketch: “Isso é corrida, isso não é correr. Correr correr correr verdade, é o que fazíamos quando ia nosso pai atrás com um cinturão e uma fivela de ferro.”

Leave a Reply