4 REGRAS DE OURO PARA NÃO AGOBIARSE TREINANDO

REGRA Nº1: Os treinos não realizados por causas diversas, não se recuperam.

O normal é que todos nós surjam imprevistos ou temos outros compromissos que nos impedem de realizar o treinamento programado e temos que saltárnoslo, caso em que não se deve recuperar a todo custo nos dias sucessivos. Devemos seguir o seguinte, que nos toque e esquecer o que não fizemos. Normalmente, se nos concorda que, durante uma semana, por uma coisa ou por outra, não treinamos nada, vamos aproveitar esta semana, como a de repouso, que é uma coisa que temos de fazer todos os meses para poder assimilar os treinos das semanas anteriores. Não aconteceria nada, se em um determinado mês, esta semana, alonga a dois, não deveremos agobiarnos com isso e temos que pensar que estamos recuperando o organismo dos treinos passados e que em 15 dias apenas se perde o nível, simplesmente nos encontraremos sem ritmo quando vamos rever de novo nos treinos, mas em breve recuperar a forma física anterior.

REGRA Nº2: Treine por sensações.

Para obter marcas tem que ser mais que rigoroso, mas para manter a nossa saúde e bem-estar físico, devemos fazer as filmagens e mudanças de ritmo, tendo em conta as sensações do corpo, isto é, se queremos ir mais rápido incrementaremos o ritmo e sim porque flojaremos. Isso não tem que ser uma desculpa de treinar sempre devagar, haverá que deixar a preguiça para trás e, de vez em quando dar uma alegria ao corpo para tirar a carbonilla com umas pequenas séries, umas ladeiras, alguns progressivos…

REGRA Nº3: Contabiliza os minutos em vez de quilômetros.

Em muitos dos planos de treino estabelece as sessões a realizar com base nos quilômetros, e isso pode nos levar a um erro, dependendo do nível do atleta, já que cerca de rodarán confortáveis a 4 minutos o km e outros o farão com mais de 6. Por isso, é fundamental seguir os treinos por tempo em vez de distância e assim poderemos controlá-los melhor.

REGRA # 4: Treine com mais pessoas.

Correr em uma escola ou clube pelo menos uma vez por semana, pode ajudar-nos em nossos treinos semanais para nos dar aquela motivação extra que nos pode faltar. As escolas, para os atletas mais populares, é algo que felizmente está crescendo em toda a Espanha e já é raro a capital da província ou cidade que não dispõe de uma escola com estas características. Como exemplo a seguir, em Leão, onde moro, temos quase uma dezena de escolas para corredores populares, tendo todas elas um grande número de inscritos.

Treinar em grupo é compartilhar o treino com mais pessoas que tem como objetivo trabalhar de forma diferente, buscando não só dar mais variedade aos treinos, mas liberar a mente para enfrentar após mais ou menos duros treinamentos em solo. Durante todo o ano servirá para dar um toque de originalidade aos nossos treinos com exercícios variados e de qualidade, sem esquecer as filmagens, as séries, a técnica de corrida, os exercícios, os alongamentos e as competições.

Particularmente, tenho dirigido a vários grupos de corredores de todos os níveis durante muitos anos e garanto-vos que as vivências e evolução destes corredores foram muito enriquecedoras, não só no plano desportivo, mas também no sócio-afetivo.

Se ainda se o que você está pensando, não hesite e leve em uma escola de pilotos pode dar aquele plus que você precisa e ser a solução para desfrutar ao máximo deste esporte, treinando durante todo o ano da melhor forma possível, em companhia!

Leave a Reply