Barra Boost, a MACA como ingrediente principal

Por Lourdes Torres

Como todos sabem, o meu trabalho consiste em criar barras de energia. Em HeroBars temos quatro barras diferentes. Tirar uma barra à venda não é um tema fácil se o que se pretende é criar uma barra de 100% honesta e saudável. Como é normal, e depois de dois anos e meio de viver sob o método de Phil, o esperado é que, nesta última barrinha foram coletados os conhecimentos que tenho adquirido, com base em ingredientes de baixos hidratos de carbono, sem adição de açúcar, e com ingredientes naturalmente estimulantes. As barras anteriores, é claro que não levam adição de açúcar, mas desta vez eu queria criar uma barra muito concreta: a barra Boost, a única barra Boost do mercado.

Alguns ingredientes que pisam forte e estão na moda são a maca, o guaraná e o gengibre. Se você adicionar esses três superalimentos você tem uma combinação que não deixa ninguém indiferente, já que aumenta significativamente a energia, é de fácil digestão, e algo que para mim tem de ser imprescindível, que seja boa de sabor.

A maca é um pó, que é extraído de um tubérculo peruano e que foi popularizado por suas múltiplas propriedades, a partir de aumentar a energia, a resistência física e mental, a fertilidade e até a libido. A maca é um superalimento por seu alto teor em vitaminas do grupo B, C, D e e, e sais minerais, ferro, cobre e potássio.

Os povoados andinos, desde a antiguidade utilizavam para melhorar as suas capacidades físicas e mentais.

Também se lhe atribui propriedades benéficas para o sistema nervoso, em especial a memória. Esta raiz peruana é um grande estimulante e regulador hormonal.

A maca a escolhi como ingrediente principal, juntamente com o guaraná e o gengibre na nova barra. É uma barra energética com ingredientes integrais e sem nenhum processamento. Isso fornece ao nosso organismo energia viva e de qualidade.

Deixo-vos a história de Ester Galindo depois de ter provado a barra MACA. A verdade é que me emocionei. Para mim, era importante a opinião de Ester, já que eu tutela em meus treinos com o método de Phil e na alimentação.

“Ontem pudemos comprovar, in loco, a nova barra natural de HeroBars a “Maca&Boost”, e esta foi a nossa experiência:

Textura: para o nosso paladar, a textura da Maca&Boost é ideal. Nem pegajosa, nem cremosa, nem muito seca nem muito mole. Precisa abra pelo seu conteúdo de amêndoa e coco, mas não cansa. E o fato de masticarla permite que a amilase comece a digestão dos hidratos de carbono, já na boca, que é o seu.

Sabor: para alguém como nós, a quem a doçura lhes dê para trás, a Maca&Boost tem o toque – de-mel ideal. Nem muito, nem pouco.

Saciedade: testamos a barra às 12h do meio-dia, cerca de 15 minutos antes de realizar um treino de 1.5 h por montanha. Como os nossos pequenos-almoços são muito densos nutricionalmente (ricos em gorduras saudáveis), nos custou comer a barra inteira, apesar de ter desayunado às 8h da manhã.

Ou seja, o efeito de uma saciedade de uma única destas barras é realmente extraordinário.

Digestibilidade: excelente. Apesar de comer a barra inteira, sem fome, não nos sentimos o estômago pesado em nenhum momento. Também não notamos que nos custa digerir a barra nem nos deu nenhum tipo de sintoma, em forma de arrotos, gases ou refluxo. Como se não tivéssemos comido nada!

Efeito energético: potente. No nosso caso, que somos de digestão mais lenta, notamos o efeito de “boost” na hora de ter comido a barra. Isso sim: vamos durou horas…! Sem dúvida, a cafeína do guaraná surte efeito. E isso que nós somos de tomar um café por dia. Se você não está acostumado/a ao café, recomendamos que tente apenas a metade de uma barra, pois pode afetar até mesmo o sono noturno, em caso de comértela depois do meio-dia.

Conclusão: uma barrinha excelente, que mostra que a visão e a capacidade criadora de Lourdes Torres, fundadora HeroBars, é cada dia mais segura e eficaz.

Este fim de semana fui a correr durante duas horas, tendo tomado apenas a barra MACA&Boost, nenhum sinal de cansaço ao final do runring, a verdade é que com o treino aeróbico e uma alimentação saudável, a diferença é enorme. Tive a oportunidade de correr durante duas horas por Corunha e fiquei impressionada com o quão bonita ela é.

Enquanto se celebrava a maratona de Barcelona. Hoje, segunda-feira leo por redes como a maioria das pessoas sofreram, foram encontrados mal etc. Para mim, agora, é inaceitável, sofrer, sentir-me mal. Que mania de querer-nos fazer pensar que quanto mais sofre, pior você se encontra, melhor você está fazendo as coisas. A preparação para uma prova como a maratona requer um planejamento na alimentação meses antes, de treinar, de estar forte e saudável para fazer face a esta distância, em caso contrário, talvez não começar a ver o que acontece e dar-lhe tanta estopa ao corpo. Um sintoma de fazer mal as coisas é sofrer o temível MURO a maratona, é simplesmente um sinal de que o corpo não está bem. E claro que você pode correr uma maratona sem ter que passar pelo muro. Um tema para reflexão.

Leave a Reply