Como alcançar o torso de um nadador profissional

As características físicas dos atletas que realizam determinados esportes são muito íngremes. Talvez a natação, rugby, boxe, futebol ou corrida, não sejam nossos esportes favoritos, mas se podemos tirar proveito de suas virtudes para melhorar a nossa condição física, o melhor.

Hoje vamos nos fixar no corpo dos atletas que praticam natação. Talvez você já pensou em conseguir dar a vosso tronco dessa forma tão característica dos nadadores, a forma de V, partindo dos ombros para a cintura.

Além disso, os seguintes post falarei sobre como conseguir moldar nossos corpos, olhando para os “truques” dos atletas profissionais e as características de seus esportes.

Evidentemente, além de fazê-lo praticando esses esportes, também podemos fazê-lo através dos exercícios que proponho a seguir, com os que podemos experimentar uma sessão de treino divertido e exigente.

Com trabalho e perseverança podemos moldar nosso corpo “à la carte”, melhorar a potência de pernas, a capacidade aeróbica, ou ganhar massa muscular no tronco e braços, por exemplo. Se além das minhas dicas seguem uma dieta saudável e equilibrada, você terá mais de 70% do caminho percorrido. Não se esqueça de um bom descanso e de introduzir em suas rotinas de uma boa sessão de alongamentos e não haverá quem os pare.

Para alcançar o trem superior de Nathan Adrian, Michael Phelps e Ryan Lochte, leia com atenção as seguintes linhas.

  • Comece a sua rotina na piscina, e praticar os quatro estilos para desenvolver ao máximo sua musculatura. Nadar os quatro estilos nos garantirá exercitar de uma forma melhor e mais equilibrada a maioria dos músculos do corpo, tanto do trem superior como inferior. Aquece nadando entre 100 e 200 metros, de acordo com o seu nível e capacidade.
  • Método de treinamento: o sistema de competição, ou seja, fazer exercícios semelhantes aos da competição em relação à exigência. Convém fazer séries mais longas em todos os estilos. No entanto, se você é iniciante e não compete, basta nadar estilo crol, costas e peito, como indicamos em seguida para trabalhar todo o tronco, a borboleta da deixamos para os peritos, pela sua dificuldade.
  • Aquece nadando entre 100 e 200 metros, de acordo com o seu nível e capacidade. Depois realiza 4 longos com cada estilo, com uma intensidade de 70 % de sua capacidade. Descanse 45 segundos entre as séries. Para finalizar, termina com um comprimento em cada estilo à máxima velocidade possível. Não se esqueça de esticar bem ao terminar o treino.

Mas, como você já sabe, não só é importante o trabalho dentro da água, também o treinamento fora da água é de grande relevância para os nadadores, estes são alguns dos exercícios mais utilizados por profissionais do meio aquático e agora tu mismo@ você pode aproveitar suas vantagens.

Flexões de pernas e tronco em 90º

hipertrofia5

Coloca as mãos sobre a barra com um aperto altura dos ombros, aproximadamente. Uma vez lá, levante as pernas até formar um ângulo de 90º com o tronco e começa com as dominadas. Este será um trabalho muito dinheiro para região abdominal e dorsal, além de ombros e braços. Faça 3 séries de 10 repetições.

Flexões com arrancada no remo + helicóptero

HITT 1

Sujeita halteres com a pegada neutra e fique em posição de fundos. Faça uma flexão e ao subir realiza um remo com uma das halteres, dali, estica o braço e faça uma torção lateral do tronco até colocá-lo como na imagem, levando o braço e o botão de punho para o teto. Em seguida volta à posição inicial e começa com o outro braço. Faça 3 séries de 10.

Fundos de ombro com corpo em ” V ” invertido em elevação

fundos 6

Coloque os pés sobre uma plataforma elevada com as pernas esticadas e o corpo em V. Apoia as mãos no chão com um suporte suficientemente grande para nos dar estabilidade no declive. Flexiona os braços nessa posição até que a cabeça deste próxima ao chão. Faça 3 séries de 10 a 12 repetições.

Fundos com apoio assimétrico

flex8

Em posição de fundos coloca uma mão mais avançada do que a outra e faça uma flexão até que o corpo está paralela ao chão a cerca de 5 cm. Em seguida realiza um movimento explosivo, que lhe permita mudar o apoio das mãos no ar e começa de novo com o exercício. Faz 3 séries de 10 a 12 repetições.

Pull Over sobre fitnesball

espalda5

Apoia os omoplatas sobre o fit ball, e mantenha o resto do corpo fica suspenso no ar. É importante ativar a musculatura da faixa abdominal para manter uma posição correta. O exercício consiste em levar os halteres até colocar na mesma linha longitudinal do corpo e a partir daí fazer um pull over até o abdômen. Uma vez lá, volta a começar. Faça 3 séries de 15 repetições.

Espero que tenham resultado úteis os truques e dicas. Muito humor em seus treinos Sportlifer@s.

Leave a Reply