Como reduzir gordura e celulite (II)

op-trikini-1Olá, meninas! Que tal? Como vai o domingo?? Antes de atirar, neste post, quero lembrar que há algumas semanas atrás eu abri um Snapchat e me podeis encontrar como trendsandfit, o solo atualizar duas vezes ao dia com vídeos sobre a minha rotina diária e esportiva, receitas,…

Na semana passada, já vos falei muito sobre a redução de gordura e como combater a celulite, mas guardei alguns consejillos para esta semana, pois, o post ficava muito longo. Se você não leu o post então, recomendo que o faça, antes de ler este, é: ►Redução de gordura e celulite. Parte I

Aí vão os outros conselhos que deve seguir ou sim para reduzir gordura e melhorar a celulite:

5-Reduza o consumo de sal

Como sempre digo, e tal como vos quadro em todas as receitas fitness que vos preparo, é recomendável que reguléis o consumo de sal , se você quiser manter a retenção excessiva de água no organismo.

Esta recomendação é válida para todos os que pretendem reduzir volume e retenção de líquidos, mas não para aquelas que ainda pretendem reduzir gordura, realizar um monte de exercício de resistência e tenha uma importante transpiração, já que, nestes casos, é mais importante a hidratação que a água fique retida no plasma e compartimentos celulares para manter seu desempenho e a recuperação. Caso contrário, as meninas que fizeram 2-3 horas de cardio por semana e sessões de musculação, você pode remover o sal sem nenhum problema.

Nota:Não representa problema algum não tomar sal nas refeições, já que há muitos alimentos que contêm sódio por si mesmos e cobrem nossas necessidades básicas: peixe, carne, macarrão, pão,…, se você olhar quase tudo leva sódio, assim, se não añadís sal em seus pratos, não vos faltará sódio e vereis como reducís volume rapidamente.

6-Esquecer das “calorias vazias”. dicas-nutri

Esta é uma recomendação básica. Os alimentos muito processados, que contêm gorduras adicionados e muitos açúcares têm um pobre valor nutricional, não nos fornecem nutrientes, apenas calorias que serão armazenadas em forma de gordura. Portanto, esqueçam os refrigerantes, de produtos de pastelaria industrial, pratos pré-cozinhados,… não há nada como comer o que nos preparamos em casa!

Também quero enfatizar, que os extremos nunca são bons. Por isso, não esqueça as dietas muito restritivas nos levam à falta de nutrientes, vitaminas e minerais,… portanto, o que digo sempre, o equilíbrio e a sensatez é a medida. Deveis comer de tudo e você deve desconfiar daquelas dietas que vos proíbem alimentos, há que comer de tudo: carboidratos, gorduras e proteínas e, claro, vitaminas e minerais.

Nota: Mesmo se você comer de forma equilibrada as exigências de algumas vitaminas e minerais aumentam com o exercício e é conveniente começar a tomar a optidosis (quantidade óptima) através de polivitamínicos Por isso, sempre que estejam em dieta, eu recomendo um polivitamínico. Vos falei neste post

7-Os “redutores de gordura” podem ser úteis

Os suplementos que chamamos de termogênicos ajudam a aumentar a taxa metabólica basal, aumentando a quantidade total de calorias que utilizamos em repouso e os processos de obtenção de energia a partir da gordura (lipólise).

Este tipo de suplementos contêm nutrientes provenientes de alimentos como o chá verde, o café, a laranja amarga, o guaraná, pimenta ou pimentão picante e existem estudos científicos que demonstram sua eficácia na redução de gordura.

As catequinas do chá verde, por exemplo, exercem um poderoso efeito sobre a termogênese e oxidação das gorduras, tal como demonstram alguns estudos que confirmam uma redução do RQ (quociente respiratório), o que em termos práticos se traduz em uma maior oxidação de gordura. Ao mesmo tempo tem um efeito tônico e activação energética, que melhora a concentração e a resistência aeróbica.

Entre outros suplementos que podem ser interessantes por seu efeito sobre a lipólise é a L-Carnitina, que é conhecida porque transporta os ácidos gordos para o interior das mitocôndrias celulares, onde as gorduras são oxidadas. Este tipo de suplementos tem um efeito muito interessante para qualquer atleta, já que ajuda a aumentar a capacidade total de trabalho ou de exercício.

Isso sim, estes suplementos de nada servem se não forem acompanhados de uma dieta e de exercício físico. Os milagres, que eu saiba, ainda não existem, hahaha.

op-trikini-28-Carboidratos, sim ou não?

¡¡Carboidratos sim!! A maioria de vocês quando querem reduzir gordura, elimináis por completo os hidratos de carbono. É um erro, simplesmente há que saber quando tomá-los e os tipos de hidratos de carbono. Sempre aconselho distribuí-los em todas as refeições, até antes das seis da tarde (aprox., cada uma é diferente da outra).

O tipo de hidratos de carbono que devemos tomar si são importantes, em geral devem ser carboidratos de baixo índice glicêmico, que provêm de fontes integrais e que, além disso, são ricos em fibras e outros nutrientes, como minerais ou vitaminas. Esses carboidratos de baixo índice glicêmico têm uma liberação mais lenta e gradual de glicose, o que nos fornecem energia por um período mais longo e, mais dificilmente se transformam em gordura porque são usados para nos dar energia.

Nota: Além disso, se sois de atletas de resistência, você deve saber que a ingestão de carboidratos de alto índice glicêmico durante e depois do exercícioaumentará seu desempenho e a capacidade de recuperação.

9-Planeje bem

Este é um ponto importante, apesar de sua obviedade, mas para reduzir a gordura e manter massa muscular, você deve ter um bom planejamento.

Deveis ter claro o que se deve fazer em termos de exercício (tipo, quantidade e duração), de alimentação (o que é mais aconselhável tomar e quando, e quais são os suplementos mais eficazes e como pautarlos é a base para conseguir os vossos objectivos.

Se você precisar de ajuda ou aconselhamento, eu posso ajudar a alcançar os seus objetivos com uma dieta personalizada e uma tabela de exercícios personalizados. (Eu vou explicar no final do post)

10-Tome o seu tempo.

Por último, não quereis obter resultados da noite para o dia, devemos saber que o nosso organismo tem que colocar em prática os processos metabólicos de utilização da gordura e reduzindo os depósitos de gordura ao seu ritmo correto. Sem pressa mas sem pausa. Se reduzimos a gordura de forma progressiva, também manteremos mais facilmente a massa muscular e o nosso desempenho, saúde e nossas formas musculares serão muito melhores.

11. Uma dica de presente: Manutenção!

Uma vez consigáis a percentagem de gordura adequado, deveis ter em conta que vur organismo não estabelece a nova composição corporal até ao cabo de um ano, portanto, a vossa composição corporal tende a voltar a ser como antes, se você não tem tempo suficiente, mantendo a nova composição. Para isso, você deve fazer uma dieta de manutenção que é tão importante que a redução de gordura.

Após este período de adaptação (um ano) vosso corpo vos será muito mais fácil mantê-lo em os percentuais de gordura, massa muscular e água já conseguidos

Você pode Me seguir no meu blog de fitness, Facebook, Instagram,Twitter e Snapchat.

Você pode ME

Leave a Reply