Crossfit em são paulo… o penúltimo desafio para Silvia González

Para começar o penúltimo sexta-feira de testes não acordei muito longe e já me chutou quando eu descobri em que consistiam os exercícios do 14.4. A primeira vez que o li, minha grande preocupação era não saber fazer as muscle-ups, porque, para não variar, ingênua de mim acreditava que ia poder chegar em 14 minutos para completar o restante de exercícios.

Passou toda a manhã e chegou o momento de preparar as coisas para ir para Florianópolis, já que o desenvolvimento do 14.4 estava programado lá, no Crossfit Saragoça. Durante a minha viagem em AVE estava tranquila, porque eu achava que chegar ao último exercício teria superando meus objetivos com relação ao 14.4.

Eram as 17.20 e tinha acabado de chegar a Zaragoza, sabendo que em 40 minutos eu enfrentaria “o meu grande inimigo de quinta-feira”, que dentro de pouco tempo você perca menos. Poucos minutos antes de chegar às 18 h entrava pela porta de Crossfit Saragoça, onde estavam esperando Alex e Álvaro, que me acompanharam, para que eu mudasse e começarmos a treinar.

Começamos o aquecimento dirigido por Alex e com o resto das pessoas que treinam a essa hora, pouco depois Álvaro me explicou que realizaria o 14.4 com duas companheiras mais (Cristina e Mônica, por certo grandes crossfiters e muito gentis comigo em todo momento), nos explicou cada exercício do WOD com atenção para saber perfeitamente o que era “rep” e o que era “não vida”, e ali estava, quase sem me dar conta, em frente ao 14.4 e a dois grandes companheiros de batalha.

IMG_0465Começou a contagem decrescente e começamos as três sobre as máquinas de remo. Eu completei meus 60 calorias em cerca de 4 minutos, levantei-me e percebi como eu tinha as pernas quase dormindo, mas eu estava dirigindo para as barras com muita vontade, pensando que me faltavam 10 minutos para poder completar o restante de exercícios.

Comecei com as toes to bar e você me complicou bastante, não tinha a técnica suficiente para poder chegar com os pés ao mesmo tempo, a barra como anteriormente me tinha explicado o Álvaro e eu levei mais da metade do tempo que me restava para completar a minha primeira rep, a verdade que já estava um pouco cansada e desanimada, porque via que o tempo se hospedar neste e não seria capaz de terminar as 50 rep previstas.

IMG_0524

E assim foi se esgotaram os 14 minutos e só fui capaz de completar um total de 66 rep. Eu terminei meu 14.4 com um mau sabor de boca, mas com a grande companhia de meus dois “rivais” e os ânimos de Álvaro, que ainda vendo que não seria capaz de completar todas as repetições não deixou de animar em nenhum momento. Assim que terminei minha 14.4 com alguns alongamentos, uma ducha e um caminho em AVE de volta para casa, pensando que o 14.5 será minha despedida e esperando para ter melhores sensações.

Graças a Álvaro e Álex, de Crossfit Saragoça, por seus ânimos e dicas de especialistas em todo momento. http://crossfitzaragoza.com/

Leave a Reply