Crossfit, uma nova forma de treinar que reúne todo o velho e que funciona

Neste mês de janeiro a capa da Sport Life é de Crossfit, com nada mais nada menos que o nosso Iker Casillas que demonstra a forma que está como goleiro fazendo uma sessão de Crossfit com a Reebok.

O crossfit é que vai impor como moda, vem pisando forte para o ano de 2012, e na Sport Life estávamos desejando que chegasse a Portugal para poder praticá-lo, e é que é um treinamento completo, não uma moda que vem.

Minha experiência no Crossfit é mínima, mas eu gosto muito. Este verão, eu tentei duas vezes: uma em Fuerteventura, em Prainhas, esse hotel para atletas, onde todos os sportliferos queremos passar as férias. E quando eu tive que ir para os Jogos Internacionais de Cross Fit, em Los Angeles entrevistar os campeões do mundo: o norte-americano Rich Froning e a islândia Annie Thorisdottir, o casal mais em forma do mundo, depois das duras provas por que tiveram de passar para ganhar os CrossFit Games de 2011 (A, ESTADOS unidos).

Em minha vida tenho tido dores musculares em tantos sites, como na minha primeira aula de Crossfit em Prainhas Fuerteventura. A coisa teve graça, pois a Fran e eu, nós apontamos para uma classe com isso de que era algo novo, a classe estava cheia de louras nórdicas com uma professora sueca… não parecia muito difícil. Aos 10 minutos Fran saiu dizendo que ia buscar os filhos… e me deixou a minha a responsabilidade de deixar o pavilhão português alto; mas era difícil, nos países nórdicos o Crossfit já leva vários anos instaurado e os meus companheiros tinham a batalha vencida antecipadamente. Eu fiz o que pude, terminei a classe suando como um frango, com a sensação de não ter feito tantos fundos, sprint, agachamentos, abdominais, saltos, etc., em tão pouco tempo e tão intensamente. O pior foram as dores musculares na semana seguinte… isso me passa pela orgulhosa!

Já em Los Angeles, tivemos a oportunidade de testar um WOD de verdade em um box com os profissionais da Reebok, e lá pude pensar de cada vez que treinar, compreendendo a mecânica básica do Crossfit e suas vantagens, e entre os que já tinha ido treinando a semana anterior e que os professores se adaptaram a cada nível… as dores musculares não foram tão dolorosas e acabei por ligar.

Por que não é uma moda passageira? EUA. EUA. tem o monopólio das idéias de fitness, mas também é o país dos extremos, e nada como o Crossfit para verificar, no box, você pode ver a típica casal californiana com corpos perfeitos ‘Vigilantes da praia’, treinando ao lado de pessoas com obesidade mórbida, que se apresentam com orgulho que já perdeu 20 kg em 4 meses e que estão vindo todos os dias para treinar, porque ainda lhes resta perder 40 quilos… Ou avós super em forma, com bíceps para invejar e tablet de abdominais que, aparentando 40 bem conduzidos, quando tem 60 anos e te dizem já foram encontrados em melhor forma física do que fazem Crossfit. Realmente é um motivador, o sentimento de comunidade é muito importante, você não vai ao ginásio para fazer seu WOD e já está, aponta o que você faz, anima e te animam, o treinador te ajuda, cuida para que não se lesões e se marca o ritmo. A minha me dão medo saltos com os meus joelhos, e eu acabei pulando como um sapo, o ambiente é incrível, te incentivando, te ensinam truques… é para testá-lo.

Na Sport Life sempre apontamos a novidade com inteligência… e nós não gostamos das modas que não trazem nada ou são pouco saudáveis. A minha do Crossfit eu gosto também que tem uma importante base nutricional, que se baseia na paleodieta, uma dieta saudável, que compartilha com a mediterrânea sua ingestão de alimentos naturais e de qualidade, pouco elaborados para garantir a máxima quantidade de fibras, vitaminas, minerais, água e fitonutrientes. O melhor dessa dieta é que impede que os açúcares refinados, álcool (logo, todos tomam cerveja…), os fritos e as gorduras saturadas, garante a perda de quilos de gordura, melhorando o tônus muscular e de uma forma saudável.

Domingo Sánchez, nosso especialista em fitness também se juntou ao Crossfit, na revista você pode seguir sua trajetória e, desde que chegou a Portugal, é um crossfitero mais, e isso me dá muita tranquilidade: se os que sabem, fazem Crossfit… é que isto funciona.

Para os que quiserem saber mais deixo um texto que publiquei na revista de outubro de Sport Life contando mais sobre Crossfit:

O que é o Crossfit? É um esporte completo. Se você gosta de treinar, você vai gostar porque combina todas as disciplinas, desde correr para fazer flexões, passando pela natação, spinning, fundos, senatadillas, pesos russas… tudo o que até agora não mezclabas você pode encontrar combinado em um treino ou WOD (Workout of the Day) de Crossfit, com nomes tão motivadoras como ‘Fight Gone bad” (a luta saiu mal’ ) ou ‘Girls’, que para ser para meninas é muito difícil.

Suas características mais gerais como um esporte:

– É amplo e variado, em geral, inclui muitas atividades relacionadas com o fitness como correr, nadar, pedalar, pesos, flexões, agachamentos, saltos, fundos, etc.

– Realiza Movimentos Funcionais que variam constantemente, e que são realizados em alta intensidade. Repetições, rodadas, mede-se o tempo e se comparam os progressos, mas começa desde o nível mais baixo para ter uma postura correta e ir ganhando força e velocidade com o tempo.

– Movimenta grandes grupos musculares com grande velocidade. Os exercícios são concebidos para mover o corpo com o peso do próprio corpo e fazer o maior número de repetições no menor tempo possível.

– Cria comunidade. Se realiza em grupo, cada pessoa faz WOOD indicados para o seu nível e são incentivados a todo o mundo para dar o melhor de si e chegar mais longe, não há comparações, se compete contra si mesmo, para superar os limites físicos e mentais.

– Unknow, Unknowable, algo assim como é novo, desconhecido e não se sabe o que vai acontecer, cada pessoa experimenta mudanças diferentes, desde perda de peso ao aumento da velocidade e saúde em pouco tempo.

Onde praticar? Os ginásios de Crossfit são chamados de ‘Box’ e são a coisa mais próxima a uma garagem americano com paredes nuas, barras de flexões, colchonetes pelo chão, bancos de saltos e uma grande lousa, em que cada um aponta o WOD e o tempo que fez no final. Mais informações em www.reebokcrossfitone.com ou www.crossfit.com

Os 10 benefícios do CrossFit

1. Resistência cardiovascular ou “cardio”

2. Resistência muscular

3. Força

4. Potência

5. Velocidade

6. Flexibilidade

7. Coordenação

8. Equilíbrio

9. Precisão

10. Agilidade

Dicionário Crossfitero

Afiliado, O treinador que está oficialmente licenciado pela CrossFit HQ para abrir um CrossFit box.

AMRAP, ‘As many reps (sometimes rounds) as possible’ ou tantas repetições quanto você pode.

BOX, o nome que recebe O lugar onde se pratica CrossFit, é uma espécie de ginástica na garagem.

CF, Cross Fit.

CFWU, CrossFit warm-up, aquecimento.

MetCon, ‘Metabolic conditioning workout’, exercícios projetados para aumentar a reserva e liberação de energia para o exercício.

PR, ‘Pessoal record’, Record Pessoal.

Rds, ‘Rounds’, Rodadas.

Rx’d, ‘As prescribed; as written’. Um WOD feito sem qualquer alteração.

Set, Número de repetições, por exemplo: 3 sets de 10 repetições, 3×10, ou seja, fazer 10 repetições, pausa, repetir, descansar e repetir.

WOD, ‘Workout of the day’, o Treino do dia em que aponta no quadro-negro ao terminar. Use nomes lindos como ‘Fight Gone bad’ ou ‘Girls’ (muito duro para ser para as meninas); que se aponta no quadro do box no final.

Leave a Reply