Dicas para começar o outono com saúde

images (7)chegou o outono, para os que treinar ao ar livre acabaram-se os dias longos para aproveitar e treinar com a luz e o bom tempo, muito cedo, ou muito tarde, evitando as horas de calor. Agora você já pode voltar a treinar ao meio-dia para aproveitar a luz e fazer uma pausa no trabalho que nos ajuda a refrescar a mente e aquecer o corpo, mas chega o frio e a chuva e é mais fácil pegar gripes e resfriados.

O outono já chegou rápido às redações de esporte as d, resfriados e gripes, geralmente com vômitos e diarreia também. Foi começar as creches e escolas e as d e ranho andam rondando entre as redações de desporto onde trabalhamos, todos os dias há alguma baixa na hora de treinar ao meio-dia.

influenza-gripe-infografia-reutersAgora é o momento para ajudar o sistema imunológico a preparar bem as defesas contra agentes infecciosos: Não te engano, não há superalimentos nem poções que acabem com os vírus ou as bactérias. Eu também caio, apesar de cuidar de mim, e quando te invadem os ‘bichos’ toca meter-se na cama a descansar e a hidratar o corpo para passá-lo o quanto antes e ter cabeça para ir ao médico quando vemos que complica o assunto.

Pessoalmente, eu acho que é melhor prevenir, reforçar o sistema imunológico e evitar os agentes infecciosos com medidas de higiene e lógica, desde lavar as mãos para evitar resfriamentos ao acabar de treinar. Deixo-vos alguns conselhos de coisas que eu faço e eu funcionam. Eu fico ruim como todo mundo, mas solo aguentar bastante e me recuperar rápido, meu corpo e mente não se rende facilmente, se os ajudou um pouco:

1. Para começar bem o dia com um chuveiro de aclimataçãoDisgusted . Custa, começar, mas se acostumar rápido para acabar chuveiro de cada manhã com alguns minutos de água fria, tão fria quanto você pode aguentar. É um despertador natural, ativa os sentidos e prepara o corpo para sair à rua, não sentes o frio a primeira hora se vai sair a primeira hora de casa.
2. Alimentos anti-gripes em jejum. Antes de tomar café eu tomo o suco de um limão em um copo de água com 3 fatias finas de raiz de gengibre e uma fatia média de raiz de cúrcuma, ambas de origem orgânica para levá-los com a casca. Esta combinação de alimentos anti-infecciosos e anti-inflamatórios com vitamina C e ácido cítrico vai me muito bem, noto como limpa as vias respiratórias se eu tenho alergia e ranho e tem efeito diurético para ir rapidamente para fazer xixi e eliminar as toxinas que se acumulam nos processos metabólicos noturnos.

3. Pequeno-almoço energético e completo. Ainda me custa tomar o pequeno-almoço a primeira hora e devo deixar passar uma hora em que o despertador tocou, entre a ducha, a organização da casa e da família e o ‘ginger-lemon-ale’ que eu dou, me vai entrando a fome e aproveito para fazer um pequeno-almoço diferente, mas muito saboroso. Eu gosto de tirar uma maçã orgânica com a pele primeiro, e depois misturar em uma tigela um iogurte natural, melhor orgânico, ou creme de leite fresco de leite, com frutos secos naturais e frutas como amoras, framboesas e mirtilos se há de temporada ou que tenho congelado. E adiciono um pouco de chocolate amargo de 80% qimages (8)ue é o meu alimento energético, sem dúvida.

4. Chás naturais ao longo do dia. Cada vez mais gosto de fazer-me as minhas misturas de chás, de acordo com o dia e sensações. Combino a meu gosto: chá preto ou roibos com casca de limao para ter energia e antioxidantes, camomila com anis quando o estômago está revolto, hortelã com suco de limão para despejarme antes de correr, raiz de gengibre com limão quando me congestiona a alergia ou muco, e até bagas de flavonóides com tomilho e mel quando a gripe e a tosse me deixar deitada na cama.

5. caldo de carne-frango-iStock_000049223464_Largeprimeiro, um prato de colher quente. Caldos e pucheros caseiros. Nada como seguir as tradições de avós e começar o almoço e o jantar com um prato quente e caseiro. Basta colocar em uma panela vegetais temporada: cenoura, alho-poró, alho, cebola, abóbora, etc., com um osso de presunto, asas de frango ou meia galinha para fazer um bom cozido a fogo lento, que depois pode tomar como sopa com os legumes ou passar pelo liquidificador e fazer um purê. Eu recomendo que você faça caldos a fogo lento, em grande quantidade, para depois deixar esfriar e guardar em porções em potes de vidro na geladeira para aquecê-lo rapidamente e ter um primeiro prato caseiro ao chegar em casa. Eu gosto de adicionar especiarias e ervas justo quando desligo o fogo e deixo repousar. A partir de umas folhas de louro ou salsa fresca como manda a cozinha de avós até um pouco de pimenta, gengibre ou açafrão ou pimentões picantes para dar um toque mais moderno e gerar ainda mais calor no estômago. Pesquise e faça a sua própria receita de caldo quente para quando você precisa de algo quente para esfriar o corpo após o treino ou de um dia duro e frio.CC_2408357_oh_god_why_la_gripe_me_trata_peor_que_mi_ex

O que eu não faço

“Ncama-gripe-HiResou faço dietas rigorosas, nem tomo medicamentos sem passar por consulta médica, e se eu tenho mais de 3 dias de infecção, e não me passa, mais bem vai a pior, me obrigou a me meter na cama e não vou trabalhar, nem para treinar, com um dia de descanso chão me recuperar bem”.

E se você já começam os sintomas de gripe, constipação, gripe… o Que eu faço?

Pois começo a tirar as ‘receitas’, aqui vos deixo algumas:

Uma receita que sabe bem: exprimo um grapefruit rosa ou laranja e adiciono uma colherRECEITA-8-suco-laranja-germentrigo-fermento-pólen-13dita rasa de fermento de cerveja, média de pólen e outra de germe de trigo e um pouco de geléia fresca liofilizada, tomar 3 vezes ao dia, quando não entra a comida, é um suco energético e revigorante.

Esta sabe fatal: Machaco 3 dentes de alho orgânicos com suco de limão recém espremido e uma colher de sopa de mel de alecrim e eu tomo a comer como posso. Chamo a ‘bomba antibiótica‘, custa comê-lo, mas notas como baixa o calor do seu sistema digestivo e você começa a suar com cheiro de alho, os ‘bichos’ não têm onde se esconder.

E tenho sempre à mão raiz de gengibre fresca e limões para ir mastigando e também fazer infusão com eles, quando eu noto congestionada, ou começam a sentir vontade de vomitar ou da diarreia das gripes intestinais ou me dói a cabeça.mint essential oil

Não me faltam os óleos essenciais de eucalipto, hortelã-pimenta, pinho, tomilho, etc. para adicionar ao atomizador ou para os cheirar e despejarme um pouco quando começa a congestão, tosse, muco, dor de cabeça…

E na geladeira o propoleo como “antibiótico natural”. Eu gosto da mistura de propoleo, tomilho e echinacea do Composor 8 de Soria Natural, as crianças já sabem que tem que tomar a dose do conta-gotas debaixo da língua, cada vez que notam os sintomas de infecções, embora eu saiba raro.

Como sempre, eu tenho, você compartilhar o Que responder vosotr@s para prevenir infecções ou para ajudar a sua recuperação?

Deixo-vos um vídeo que explica o que é a gripe de forma simples:

E não podia faltar um pouco de humor nesta entrada outonal, desta vez com um monólogo de Eva Hache, onde conta que somos diferentes dos homens e mulheres na hora de cair doentes.

https://www.youtube.com/watch?v=WsKwchLDWec

E pensando no outono eu tenho acordado de uma música que eu gosto muito para a minha playlist ‘slow running’, ‘Wake me up when september ends’ do Green Day.

Leave a Reply