Do Brownie da barra energética

Passei muitas horas da minha vida na cozinha e sim, eu sempre tenho uma enorme curiosidade por experimentar e ver o que acontece se eu misturo isso, lhe adiciono o outro, reduzco, sumo, eu, quito, etc … a qualquer prato que cozinhe. De fato, já não cocino com receitas na mão, há muitos anos que deixei na gaveta ou na livraria. Aprendi com elas uma infinidade de coisas. Agora aprendo a medida que cocino e, o que dá um resultado ou outro. Comer o “Maffetone”, como lhe digo, a Ester, requer entender o objetivo e como conseguir levá-lo a cabo. Novamente, abre-se um mundo, aparentemente limitado, mas mentiríamos se disséssemos. É uma escolha muito ampla que se tem de conhecer a fundo e nessas estou entrando na matéria. Renunciar a algo para sempre é o que atormenta profundamente a cabeça
Neste caso, pensar que nunca mais voltarei a comer um bolo, mesmo que seja feito em casa com todo o carinho do mundo, pois a verdade, para que enganar, me tortura a mente. Não é que fosse uma gulosa de bolos nem muito menos, apesar de Phil, muito discretamente alguma vez sugeriu que eu podia ser que estivesse sempre atenta ao açúcar (o que jamais pude imaginar), mas à medida que você estuda o tema você se dá conta que é verdade que em uma dieta “normal” a ingestão de açúcar é muito elevada e reduzi-la significativamente você cria um pequeno síndrome de abstinência. Mas a minha tradicional BROWNIE, o que vendi quilos e quilos quando tinha o catering e que cada vez que eu tento me escapa uma lagrimita eu não vou renunciar. Deixar de desfrutar desse sabor e textura tão concreto e que levou toda a vida comiéndolo em momentos festivos não me apetece, por dizê-lo de alguma forma. Não me faz ilusão pensar que “nunca mais vou comer”. Tinha que encontrar uma solução. “Ok, se esse é o negócio, alguma coisa haverá que fazer!!!! “

Aqui está a receita que eu fiz ontem, é um brownie, sem farinha, sem açúcar, com um chocolate Lindt 99% . O resultado foi um brownie transformado em barra energética, com um sabor profundo, forte e denso de chocolate que, aliás, melhorou muito no sabor e na textura, no dia seguinte, tornando-se em algo delicioso. Igualmente com um sabor profundo, mas com textura mais leve e não tão densa. Hoje estava totalmente em equilíbrio o “brownie-barra energética”. Não é uma barra apta para todo o mundo, acho que você tem que ser muito fã do chocolate. Nasce um novo “brownie-barra” caseira de uma qualidade máxima nutricionalmente falando. Para tomá-la quando você faz esporte. Isso, em primeira instância, em segunda, servido em forma de triângulo com uma colher de sopa de creme de leite semi montada sem açúcar, mas com raspas de limão seria, sem dúvida, o fantástico sobremesa que eu sentia falta.

Se você gosta de cozinhar, é muito fácil e você vai ver que sim, há opções em sobremesas sem ter que recorrer às farinhas de panificação, açúcares e coberturas de chocolate com açúcar, para obter uma textura mais suave.

FullSizeRender-1

Ingredientes:
176 gr de chocolate puro, neste caso, eu usei Lindt 99%
120 de manteiga (de preferência frescas)
170 g de clara de ovo (biológico)
80 gr de gema de ovo biológico)
115 gr de mel natural
100 gr de nozes sem casca cortada
20 gr de cacau puro

Procedimento:

Em banho-Maria, juntar a manteiga e o chocolate picado.
Enquanto se vai desfazendo lentamente o chocolate com a manteiga, colocar as claras de ovo a montar na batedeira. Sempre o máximo de velocidade, durante alguns minutos, não se hão de passar, as claras de ovo são quando parece neve leve. Se passamos são feitas como grumos. O objetivo de montar as claras é adicionar o máximo de ar às claras para que o nosso preparado, neste caso, “o brownie/barra energética” seja o mais fofo possível. Uma vez que as claras estiverem no ponto guardar na geladeira.

Limpar a tigela da batedeira e adicione as gemas de ovo e o mel. Bater o princípio suavemente e à medida que você vá pegando textura esponjosa, aumentar a velocidade, continuar batendo sem chegar ao máximo de velocidade e até obter uma mistura esbranquiçada e muito fofo. De facto, juntar as gemas e o açúcar na cozinha chama-se “branquear”.

Adicionar o chocolate derretido junto com a manteiga em banho-Maria, misture com a batedeira em uma velocidade muito suave, o nr 1 . Assim que estiver misturado,
com uma espátula de borracha, adicionar com muito cuidado a clara montada ao ponto de neve, para a mistura.

Por último coloque no forno pré aquecido a 165 graus na posição ventilado. Cozer durante 25 minutos. Deixe sobre uma grade para que se evapore a umidade.

Uma vez arrefecido, cubra com filme.

Eu Espero que vocês gostem!

Leave a Reply