Quando você não está em seu melhor momento

Há dias em que não estou no meu melhor momento. As defesas têm-se vindo a baixo, fazendo-me entrar em uma fase de gripe permanente, sem trégua.

“Diante das adversidades, a melhor tática é olhar por cima delas”

Diante das adversidades, a melhor tática é olhar por cima deles para não enrocarse, prefiro ignorá-la e seguir o caminho marcado, neste caso, o treino se pautado por Phil. Em sua cabeça, existem duas vertentes, a de “treino apesar dos pesares, eu sou forte, não acontece nada, não por um resfriado sem febre, vou deixar de treinar” e a outra cara da moeda: “se eu estou de baixa de defesas, o meu bom senso me diz que não deve treinar, sairei ganhando embora não me pareça”.

E é exatamente nesta última, onde sem vergonha, nem pena sem problemas, aparecem os remorsos que costumam chegar para ficar, e não te deixar em paz com a decisão que tiver tomado sobre si a treinar com frio ou não treinar. Sabe-Se que quando há um desafio marcado no calendário, é como uma tatuagem, está lá recordándotelo cada dia, não existe a opção de passar dias sem pensar nele.

Os deveres são os que se têm de fazer, com planejamento semanal ou sem ela, com o que você gosta de fazer nesse dia de treino ou não, dobrando-se ou não os treinos. Cumprir com as horas semanais é o único que te dá confiança para poder enfrentar com segurança (sem garantia) no dia do Ironman. Dá igual, o que não vale é não fazê-los e a falta de respeito me tortura mais do que a gripe em si.

Diante da dúvida, de não saber o que fazer, já que a febre não houve, mas sim de muito muco e tosse, liguei para Phil.

“Phil Im desperate, dont know what to do”

Por sorte, Phil me acalmou imediatamente. “Não training” , no fundo, não há segredo: as defesas baixas mais treino não são boas companheiras. “Tome a temperatura pela manhã, logo ao acordar, se você é menor de 37 graus, você pode começar a treinar quando quiser, sempre e quando se sentir melhor e com vontade. “Começa por caminhar uma hora”. Assim o fiz, sexta-feira, caminhei 40 minutos e no sábado fui a nadar meia hora.

“Neste domingo, deixa-me também correr a meia maratona de Barcelona”

Eu tenho o grande privilégio de compartilhar os “segunda-feira ao sol” com Tere Fullana, ela me acompanha nesta viagem para Zurique com o método de Phil em directo. Ontem nem nos voltamos para a piscina, fizemos o treino fora de água. Estou com uma tosse um pouco substancial, mas hoje fui a correr e já fiz um treino normal.

Neste domingo, deixa-me também correr a meia maratona de Barcelona, tenho muita curiosodad para ver como me sinto.

O vós entrenais quando estais constipações ou fazeis uma pausa total, mesmo que seja por uma semana inteira?

Leave a Reply